Notícias

Fato Relevante

São Paulo, 5 de junho de 2017. A Contax Participações S.A ("Contax" ou "Companhia"; CTAX3), em cumprimento ao disposto no artigo 157, §4º, da Lei nº 6404, de 15/12/1976, conforme alterada, e na Instrução CVM nº 358/2002, vem a público comunicar aos seus acionistas, investidores e ao mercado em geral, em complementação aos fatos relevantes divulgados pela Companhia em 23 de março de 2017 e 19 de maio de 2017, que, nesta data, foram realizadas assembleias gerais de debenturistas da 1ª e da 2ª séries da 1ª emissão de debêntures da Companhia, nas quais foi aprovada a postergação dos vencimentos dos pagamentos de juros remuneratórios de tais debêntures vincendos em 15 de junho de 2017, sujeito a aprovação dos juros vincendos em 15 de junho de 2017 da 3ª emissão de debêntures da Companhia pelos debenturistas de tal emissão, conforme descrito nas respectivas atas das assembleias gerais de debenturistas da 1ª e da 2ª séries da 1ª emissão de debêntures da Companhia que se encontram disponíveis para consulta na página da Companhia na internet (ri.contax.com.br).

Após as deliberações acima, a Companhia propôs, com a concordância dos debenturistas, que as respectivas assembleias fossem suspensas, todas com reabertura prevista para o dia 28 de junho de 2017, no mesmo local e respectivos horários previamente divulgados, quando os debenturistas da 1ª emissão de debêntures da Companhia retomarão as deliberações dos demais temas previstos nas propostas da administração anteriormente divulgadas pela Companhia.

A assembleia geral de debenturistas da 3ª emissão de debêntures da Companhia convocada para a presente data não foi instalada, em primeira convocação, tendo em vista a ausência de quórum mínimo necessário para tanto e será objeto de segunda convocação a ser publicada pela Companhia oportunamente, nos mesmos termos e condições do edital de convocação e proposta da administração anteriormente divulgados pela Companhia.

A Companhia esclarece, ainda, que permanecerá avaliando e negociando com seus principais credores financeiros alternativas para fortalecer sua estrutura de capital e o alongamento de seu endividamento financeiro com o objetivo de, a curto prazo, obter um amplo consenso de seus principais credores a respeito dos termos e condições da readequação do perfil do endividamento da Companhia às suas atuais perspectivas operacionais e de geração de caixa.

A Companhia manterá seus acionistas, investidores e o mercado em geral informados sobre os temas objeto deste fato relevante.

Cristiane Barretto Sales
Diretora de Finanças e de Relações com Investidores